AS PALAVRAS

rei-salomc3a3o

Não precisamos falar a Deus, precisamos ouvir suas palavras, não precisamos nos colocar a frente Dele, deixemos que ele se coloque a nossa frente, pois quem mais precisa ser ouvido somos nós e só seremos ouvidos ouvindo ao Pai, ouvindo nosso interior que sempre sabe das coisas para nosso bem-estar.

As palavras salvadoras muitas vezes vêm de bocas encarnadas que nem sabem o que estão falando a nós, que não entenderiam que uma anedota, seria a pista para um problema grandioso em nossa vida.

Coisa estranha de se dizer, mas é uma verdade, o Mestre não nos fala somente através de sonhos ou orações, nos fala por outros que de alguma forma são colocados à nossa frente, e em meio uma frase bem colocada ao nosso coração, nos sugere a solução, a explicação, o entendimento de algo que muito nos perturba.

Somos descrentes neste tipo de acontecimento, acreditamos que o Pai ou o Mestre virá a nós pessoalmente e nos dirá.

Porém não notamos que leis da física são criadas por Deus também, e não podem ser modificadas nem mesmo por Ele, pois perderia seu crédito diante de sua criação matéria. Então nunca um ser divino terá corpo matéria por surgimento do nada, apenas de encarnação.

O que podemos ver é a imagem ectoplasmica de nossa própria produção, aí o Mestre pode se tornar visível, mas não tocável, porque ele não está em matéria a nossa frente, não está presente; mesmo porque ele em espirito não se manifestaria desta forma, e sim aos que o entendam; que o compreendam ao ouvir os próprios pensamentos, mas somos imaturos nesta forma de conversar com Deus; não éramos.

Para ouvir o Mestre desta forma, só acreditamos no que vemos e sentimos, porém em nossa “imaginação” não confiamos, não aceitamos ser do Mestre tal conselho, principalmente se este for contra nossas vontades, aí surge o temido Diabo, Satanás e outras baboseiras para dificultar o entendimento, culpa nossa também, e desta forma nunca saberemos a verdade pendente e de que precisamos solução.

Colocamos o Diabo sempre à frente de Deus quando este fala coisas sérias que não nos agradam, haja visto que neste mundo há mais coisas a não nos agradar do que a nos fazer felizes, numa linguagem carnal e materialista.

Porém na visão espiritual Deus sempre fala a verdade, através de nossos pensamentos; de bocas alheias ou até mesmo em sonhos, nunca criaria uma inverdade para nos agradar ou para nos amedrontar.  É sua forma correta de agir para conosco.

Quando se fala de Deus nos dirigindo a palavra, se fala da centelha divina a nos confabular; da centelha interior, o grão de mostarda a nos dizer das verdades, ou mais, de nossa verdade individual; e se nos recusamos a entender disto; estaremos sim dando vida ao Demônio que sempre nos atrapalha, se não compreendermos as mensagens sábias que nos chegam, e vem de nosso interior puro, estamos fazendo com que o monstro a que aos tolos ludibria e faz crer, existir.

Esta é uma criação nossa e não do mundo materialista, não do lado sombrio da humanidade, mas criação individual, criação de cabeças fracas em aceitar uma verdade que não seja de seu agrado.

O Mestre não tem obrigação de nos dizer o que agrada, mas o que nos faça bem, mesmo que pareça para nosso mal-estar.