QUE BOM SABER QUE…

1000360_644922618893557_1052495357_n

Ir além do que imaginávamos poder, e de lá contemplar novas e maravilhosas conquistas.

Chegar ao nosso limite e sentir poder ir até mais, porque não conhecíamos nosso potencial, e isto é maravilhoso saber.

Saber que a amamos e somos amados, e que a cada dia se pode conquistar mais e mais esta pessoa ou aqueles que ao nosso lado estão.

Ter a exata sabedoria que precisamos, e nesta não nos perdermos jamais cobiçando o que podemos conseguir por merecimento um dia.

Vislumbrar a cada dia um novo e maravilhoso amanhecer em nós, com possibilidades múltiplas de melhor que o dia anterior.

Aceitar o que a vida nos coloca, e não desmerecer o que de não tão bom venha, nem amaldiçoar o que nos chega, sabendo que de alguma forma fizemos por merecer que fosse desta maneira.

Saber que há um Criador de tudo isto e que mesmo achando, jamais estaremos abandonados por Ele, porque nos colocou para ajuda-lo e não simples e somente sofrermos sem explicações.

Viver pela eternidade através de múltiplas encarnações, e saber que deixaremos de estar morto quando soubermos o que e para que é esta existência.

Vivenciar em nós o bem comum, procurar razões e conclusões a nos explicar os percalços e nuances desta passagem, para que na despedida não a amaldiçoemos e levemos esta magoa à futura passagem.

Entender muito mais de nós em nós mesmos e não nos outros, o que será perda de tempo, porque estes são outros universos.

Vivenciar sem receio o que temíamos, pois lá estão explicações às verdades que negamos aceitar.

Crer no que é certo, porque a cada um a lei é diferente, e tudo que diz respeito ao individual sem prejudicar o próximo certo sempre está; até que se encontre novas diretrizes.

Saber que inimigos não necessariamente estão para nos prejudicar, mas para auxiliar na descoberta de nossas falhas.

E tudo vai muito além, de nossa compressão, de nossa percepção e nossa intenção de crescer, porque só saberemos de muita coisa quando lá chegarmos.

Somos a certeza e a incerteza de nós mesmos, até que em entendimento pacifico nos vejamos como falhos profundos na procura da perfeição.

Sabermos que podemos evoluir por nossa vontade e entendimento, e que ninguém poderá em momento algum intervir se não deixarmos; é de nosso livre arbítrio e devemos utiliza-lo extensivamente.

Saber que a cada encarnação evoluímos, mesmo que não pareça, porque através da involução conhecemos os defeitos mais complexos, o que é uma evolução.

Saber que em tantas vindas muitos amigos fizemos, que muitas verdades aprendemos, e nada foi ou será perdido nos desencarnes que ocorrer.

Ter a exata verdade do universo em nós, e o quanto antes soubermos lidar com isto, mais rapidamente felizes seremos.

A cada oração ou pedido de coração, seremos dentro da lei do retorno agraciados com mais amor do universo divino.

Acreditar profundamente nas descobertas que fizermos de nós, é o que estamos a fazer aqui, e se não nos conscientizarmos destas, estaremos involuíndo mais do que os pecados que cometemos

Jamais aceitar tudo que venha sem coerente explicação, porque devemos saber tudo que nos é somado e o que resultará.

A verdade deve prevalecer sempre, mesmo que despreparados estejamos para tal, em sendo assim devemos saber o que nos aguarda por merecermos.