DEVO SER O QUE DECIDI, QUANDO PRA CÁ VIM.

935033_1393769800842441_2137944325_n

Devo ser a cada dia mais dono de mim, mais independente de opiniões, porém ouvi-las e estuda-las para enriquecer meu interior, cada vez mais confiante e determinado em meus planos.

Devo fazer constantes viagens ao meu íntimo, para saber o que está faltando, o que posso melhorar e maravilhar-me com o que já conquistei, mas sem vangloriar-me.

Devo conquistar a simpatia do próximo sem esforço contra meus princípios, e mantê-lo amigo mesmo que desconhecido, porque se fizer desta forma jamais sentirei que o mundo me quer mal.

Devo ser sincero primeiramente com meu íntimo, e se assim fizer e for fiel, jamais trairei ao próximo de alguma forma.

Devo adquirir benfeitorias, para evolução material, porém jamais colocar isto a frente de conquistas interiores que são mais enriquecedoras.

Devo procurar um amor e reconquista-lo a cada dia, fortalecer o que já é evidente, mas sentir prazer neste ritual sempre.

Devo ir além do que já fui, e não me arrepender jamais de ter ido, e mesmo que seja ruim experiência, entender que houve uma motivação interior, um conhecimento a mais do que poderia adquirir de outra forma.

Devo ser sempre eu, não espelhar-me em outro por achar conveniente ou mais completo; porque sou universo único, e tudo que nele deve existir tem de ser conquista absoluta, útil, rica e profundamente.

Devo saber de minhas condições pessoais sempre, analisar o que o corpo precisa e ao cobrar obedece-lo prontamente, não me entregar em discussões por qualquer motivo, se forem tolas é desgaste de boa energia, se forem sérias procurar formas outras de solucionar esta contenda.

Devo acreditar em algo superior, Deus, Cristo, Divina Providência ou Força Maior. É uma necessidade interior quer que somos mais do que simplesmente matéria animada.

Devo procurar em mim razões para viver sempre, porque é desta forma que evoluímos, aprendendo sobre o mundo em nós, e sobre nós no mundo.

Devo abandonar colocações emocionais de baixo nível, porque assim plantarei somente mal agouro em mim, e atrairei forças externas a empobrecer meu interior.

Devo encontrar motivos para ser feliz, acompanhado de única pessoa, de várias ou mesmo só; porque sou universo completo e a felicidade existe mais em mim do que fora de mim.

Devo saber todos os meandros da vida, esta é motivação maior para evoluir, encontrar as razões de aqui estar e não procurar formas ou motivos para partir antes do previsto.

Devo me valorizar, procurar entender que sou meu máximo hoje, e saber que se não o fizer perderei mais uma passagem.

Devo agir a favor do universo sempre, mesmo que seja o interior, porque se o fizer com sabedoria, o universo exterior será melhorado um pouco mais por esta única pessoa, que sou eu.

Devo viver intensamente, amar intensamente porém não odiar intensamente; porque todas as emoções devem alimentar nosso íntimo e não destruí-lo.

Devo acreditar no futuro, no meu futuro, porque trabalhei muito para isso, e ignora-lo, prejudica-lo por ignorância é voltar à estaca quase zero de minha evolução.

Devo esquecer providencialmente o passado, mas guardar as coisas boas; elas trazem emoções que podem nos alimentar a qualquer hora, nos revitalizar durante uma batalha, e nos enriquecer de experiências aprendidas.

Devo amar, porque é vital ao corpo, a mente, ao espirito e razão maior de estar aqui; desenvolver este sentimento, independente de como se é tratado.