SENSIBILIDADE EMOCIONAL

 

230512_530319_Wasserwesen-5

A sensibilidade emocional eleva o espírito acalma o ser e traz entendimento.
A sensibilidade emocional permite surgir em nós o que oculto está.
A sensibilidade emocional empobrece as emoções puramente materiais e enriquece as elevadas.
A sensibilidade emocional ativa prazeres esquecidos, porque estes vem do coração.
A sensibilidade emocional dá motivação à vida e alivia o receio da morte.
A sensibilidade emocional é mensageira das sabedorias mais profundas, pois nos aproxima do mentor chamado Cristo
A sensibilidade emocional promove lágrimas de felicidade ou tristeza, sendo que estas em seu conteúdo trazem alívio de algo ou explicações a serem assimiladas.
A sensibilidade emocional é porta para a descoberta de si e de tudo que já aprendeu em encarnações anteriores.
A sensibilidade emocional jamais cega a realidade, impedindo que tiremos conclusões errôneas.
A sensibilidade emocional é companheira do sábio, por ser seus olhos no infinito, no íntimo e no eterno.
A sensibilidade emocional redime as doenças da alma e dá alento às doenças do corpo.
A sensibilidade emocional ajuda a aproximar amigos e afastar inimigos.
A sensibilidade emocional redime pecados por assumir tê-los cometido.
A sensibilidade emocional torna um declínio interior facilmente controlável.
A sensibilidade emocional nos permite extrapolar limites internos e externos com facilidade e aprendizado.
A sensibilidade emocional é excelente professora em todos os momentos.
A sensibilidade emocional deve ser crescente e duradoura para trazer-nos maturidade.
A sensibilidade emocional não pode ter restrições de inteligência, crença ou sexo.
A sensibilidade emocional é sempre paz interior e jamais sentimentos negativos sem explicações.
A sensibilidade emocional é evolução espiritual, entendimento interior e amadurecimento inteligente.
A sensibilidade emocional aprimora a filosofia e enriquece o amor próprio.
A sensibilidade emocional é solitária, porque depende do aprendizado desta e de outras vidas.

QUEM É DEUS ?

,vlfvuvki.j

Deus é eternidade, nós transitório invólucro Dele.
Deus eterna sabedoria, nós aprendizes a conduzir amadurecimento a estas.
Deus é infinita bondade, nós a realidade que não pode pertencer a Ele.
Deus é onipresente, nós a presença Dele em todos os lugares.
Deus é onipotente, nós o poder destituído para que déssemos real valor ao quinhão que déssemos real valor ao quinhão que também temos.
Deus é onisciente, nós sabedoria de todos os erros que cometemos e assumimos para que no futuro levemos tais entendimentos quando nos tornarmos Uno novamente.
Deus é a verdade, nós a procura de outras afirmativas, que não confrontem as divinas, mas completem-nas cada vez mais.
Deus somos nós, e nós a procura de suas razões para se tornar homem e pecador, entender de como devemos nos orientar nestas afirmações e orar para Ele, no intuito de atingirmos perfeição suficiente para deixarmos estes invólucros carnais.

AQUELE

424384_675432072473087_2132468554_n

Aquele que não se interroga não evolui.
Aquele que não se entrega nada aprende.
Aquele que não sofre não adquire sabedoria.
Aquele que não ama o próximo não ama Deus.
Aquele que não vê seus defeitos jamais será puro.
Aquele que não dá de si jamais será parte do todo.
Aquele que não teme o Diabo é mais forte interiormente.
Aquele que não teme Deus vive mais repleto de felicidade.
Aquele que não abnega do prejudicial, se torna um tolo adoentado.
Aquele que não procura suas verdades vive à margem da própria vida.
Aquele que não aceita imposições do destino, em areia movediça viverá.
Aquele que não aceitar uma verdade mesmo que dura viverá na mentira.
Aquele que não procurar Deus em momento algum jamais se encontrará.
Aquele que não vasculhar nas sombras se verá longe da luz por ignorância.
Aquele que não conquistou a paz dentro de si não a administrará fora de si.
Aquele que não se conhece verdadeiramente jamais conhecerá o Cristo interior.
Aquele que não aprender mesmo depois de muito viver, demorará a voltar à vida.
Aquele que não aceita opinião de outros na ignorância de várias sabedorias viverá.
Aquele que não se prover de boas atitudes não terá uma futura existência saudável.
Aquele que não aceita o amor como relacionamento nega as próprias necessidades.

CONSELHOS

wwww

Quando perdido se sentir, procure encontrar-se, mesmo que cacos só vá achar, junte-os, é seu você que sobrou após muitas derrocadas, cole-os como julgar conveniente e saberá que algo em sua vida mudou.

Quando nada mais julgar poder aprender, se sentirá atropelado pelo destino, este vai mostrar o que sempre negou, só que desta vez não poderá recusar ver, porque seus olhos mais nada enxergarão além do que está sendo exposto.

Procure por si, não mais irá se encontrar se estiver no encalço do que eras momentos ou horas atrás; porque algo mudou contra sua vontade, contra seu desejo de não evoluir; são metáforas confusas que à nossa mente surgem indicando o correto caminho, que para nós não passa de pesadelo acordado; mas estas não nos abandonarão enquanto não aceitarmos nossa nova condição; uma pequena evolução que a nós parece fim dos tempos.

Acredite que algo está mudando, está se desfazendo de seu passado que doentio ou não deixará de existir; e na nova condição aprender que muito mais tem de ver, e alguns conceitos antigos rever; pois mesmo sendo verdades, agora são entendimentos mais profundos.

Não se curve ao que não entende, assumindo ignorância que julga ter; apenas sinta sem pensar, sem agir, seja levado pelos ventos da sabedoria que aos poucos nota serem novos em ti.

No real sentido da verdade tudo se encaminha quando deixamos conceitos do mundo da matéria de lado; nada é desperdiçado do que nos vem, embora muitas vezes nos percamos por entre duvidas firmadas por este plano.

A sabedoria é infinita, saiba sempre disto, e quando na dúvida se ver, solte a mente, divague por entre pensamentos tolos porem de boa conduta, e sentirá que em algum lugar chegará. E mesmo que não sinta onde estes possam te levar, se deixe ir sem receio, sem medo do que vá encontrar, são caminhos divinos, além de seu poder de dedução.

O entendimento das cousas do alto são complexas se não nos empenharmos ou aceitarmos de bom grado; porque não é nossa inteligência que propiciará estes entendimentos, mas nossa humildade e resignação em ver o quanto precisamos para uma vida mais completa dentro de ensinamentos reais.

Procure não se entregar, porem tente se perder quando inundado por tais tentativas do astral em lhe mostrar estas sabedorias, porque só com abandono de defesas interiores se vai até onde o oculto em nós deseja, para mostrar estupendas e valiosas pérolas.

As coisas acontecem de forma alheia ao nosso entendimento, aceitação que muitas vezes nos são complexas, mas é o destino que assim quis, que nos colocou como aprendizes de nosso interior, pois o mais sábio dos mestres em nós mora.

Tudo é para nosso bem, mesmo que recusemos aceitar; tudo é para evolução, mesmo que de forma ignorante nos venha; tudo é para evolução interior, mesmo que o exterior esteja sofrendo cada vez mais; porque este plano e de aprendizado e só os sentimentos puros podem sobreviver em nós.

Faça o que tem vontade, sempre, embora acredite ser punido se o fizer, única lei a obedecer é não magoar outros universos próximos a ti; jamais influenciar quem outros caminhos deseja percorrer, e ser sincero quando indagado de seus objetivos nesta passagem.

Tudo que conquistar neste plano, nele ficará se for matéria; porem o prazer de tê-lo conseguido se for de forma licita aos planos superiores poderá levar; é conquista se teve esta vitória, mas não houve apego exacerbado; é aceito como evolução interior se teve sacrifício em adquirir, mas não se entregou exageradamente de seu ser neste propósito.