COMPLEXA POSSIBILIDADE A SER COMPREENDIDA

kuyfkuy

Tudo que somos ou podemos ser, é baseado no que passamos; no que desejamos ou o carma a nos administrar.
Tudo que se passa ao nosso redor é consequência de nossos métodos de pensamento, condição emocional ou energias densas a nos perturbar os pensamentos.
Deus é existente por se energia pura, essência da natureza, nessa essência como anjos caídos que se tornaram carne para na encarnação probatória de evolução, pudéssemos voltar a condição angelical, e posteriormente o corpo de Deus.
Em tudo que possamos criticar a vida devemos nos conter, pode ser uma critica ferrenha a nós mesmos; o que não nos levaria ao crescimento que pretendíamos enquanto pre-uterino.
Porem somos defensores da não existência após o desencarne, ou mais precisamente, depois da morte mais nada existe, só a espera pela ressurreição, que coloca milhões de falecidos a milhares de anos esperando por este acontecimento; porem como fica o crescimento espiritual de alguém que não pode evoluir, esperando que aconteça este prometido?
Deus nos fez, ou se fez carne para evoluir através de cobranças cármicas, em verdade éramos puros antes de tudo começado, mas por motivos que vão além de nossa capacidade de compreensão atual foi necessário este declínio de perfeição pra possibilitar o entendimento de algo que não nos era possível enquanto perfeitos. Levando-nos por esta afirmação compreender que não éramos tão perfeitos.
Tudo é como deverias ser, nada extrapola a realidade que Deus assim determinou, assim como leis perfeitas a nos vigiar e cobrar em momentos que no deslize de nossos desejos carnais atentamos.
E no transcorrer de todas as existências vamos angariando conhecimentos, porem não os já tidos desde o inicio deste complexo processo, mas novas diretrizes superiores, entendimentos de novo comportamento de Deus, novos horizontes que a Ele só foram possíveis acesso através do invólucro cármico.
A cada ser, ou espirito um entendimento é determinado, coletânea de informações através de uma visão nova dos acontecimentos, experiência que deve enriquecer todo o processo de evolução, mas só será possível tudo em sua devida sapiência, quando todos cumprirem sua missão de estudante neste plano matéria.
E tudo quanto era sabido a muito no passado, deixará de ter tanta importância, exatamente por estarmos substituindo nossos conhecimentos mais profundos através da decadência espiritual, emocional e moral que é a única forma de fazê-lo, para que novas perspectivas, novos entendimentos, podermos adquirir.
Tudo isto se reflete na parábola das núpcias de Canaã; onde o vinho bom só será servido quando todo o vinho anterior for consumido ou eliminado. Tomamos o vinho como sabedoria do Cristo em nós, porem temos que eliminar os ensinamentos anteriores já ultrapassados para absorver o de melhor qualidade, o de mais consistência.
É o momento desta troca de conteúdo em nós, desde o inicio dos tempos, pois tivemos bom tempo para trazer os ensinamentos de Deus a este plano para agora avalia-lo em nós e enriquecer com novas perspectivas, com novos detalhes a enriquecer a existência nossa como espirito, e Deus como gerador de toda esta sequencia de acontecimentos.
Tudo embora pareça tola conjectura, derrubada de verdades seculares, não o é; porquanto se cientificamente procurarmos explicações palpáveis a tudo que aqui é exposto, ficaremos confusos com resultados, porque nem todas as perguntas feitas podem ser respondidas dentro da atual sabedoria milenar.
Se colocarmos outras possibilidades, ainda inverdades até que sejam sabiamente compreendidas pela sistemática da pesquisa, poderemos encontrar respostas que a primeira hora pareçam absurdas, encaixam mais intensamente às perguntas sem resposta segura de antes.
Somos estudantes, e temos a lei do livre arbítrio a nos regrar, ou mais precisamente nos permitir sair das regras estabelecidas sem sermos punidos por Deus; pois se nos é dada tal lei, estamos resguardados de punições, porque Ele é fiel ao que diz.

O GRANDE ARQUITETO

bnuigfvu

Acredito que a descoberta do grande arquiteto em nós, é a verdade que muitos se negam a acreditar, que se recusam a observar durante sua peregrinação por este plano. Porem se fôssemos sinceros com nossos corações, porque acredito que é lá que o mestre dos mestres reside, teríamos sempre o juiz certo para todos os momentos, saberíamos sempre o caminho a usar quando de uma encruzilhada na vida.
Filosofia para mim, sempre tem sido ligado ao Mestre e o Criador, não me julgo religioso de qualquer que sejam os segmentos. Sou um cristão que acredita no que disse aquele homem há 2000 anos. Amei suas palavras quando comecei a entendê-las. E hoje; 20 anos depois ainda estou apaixonado por todas as palavras, visto que a cada dia que passa, entendo mais sobre elas; e sua profundidade em mim se torna cada vez mais forte, a religiosidade da humanidade é de se respeitar, porque cada um tem um limite de fé pra acreditar em Deus.

A CÉLULA QUE SOMOS

,vlfvuvki.j

De tudo que somos em verdade nada somos; para esta vida nada trouxemos de matéria, e nada levaremos deste plano, somos pura energia que manipula elemento/matéria para nos servir durante a estada aqui, consumimos matéria para manter nosso corpo em condições de ser habitado pelo espirito.Transformamos substancias sólidas em energia vital e as consumindo eliminamos totalmente esta matéria sólida, ficando com as energias que foram enviadas por Deus através dos raios solares.
Somos a quintessência em nosso corpo, que vive através do corpo, se alimenta através do corpo de Deus que em raios solares nos chegam. Pertencemos a Deus mesmo sendo superiormente individualistas. Somos a complementação da divindade, mesmo sendo ignorantemente mais inteligente que esta matéria que nos sustenta. Somos a célula do corpo divino que não se perde, que se renova a cada desencarne, e que em outra matéria por nós manipulada durante a gestação, será habitar de nosso espirito que hoje é um homem e amanhã poderá ser uma mulher. Somos a ovelha que não se perderá quando do fim dos tempos. O filho que a casa torna quando percebermos onde é seu verdadeiro lar. A mulher que mesmo adulterando contra as leis do pai foi perdoada, e que ao notar o grande erro não mais irá pecar contra estas leis.
Somos uma parte do todo, um pequeno tudo de um grande todo que é o Criador; nossa existência no passado. Somos Deus em célula individual.

A SABEDORIA INTERIOR

550145_295122960587275_336860360_n

Na força de nosso pensar, nosso raciocínio nem sempre mostra as coisas que queremos saber, nem sempre é facilitado tais entendimentos, somos tolhidos de nossas verdades que a nós fará falta no hoje ou no amanhã.
Porem se não nos é permitido tais revelações; é porque nosso amadurecimento ainda não se fez; não chegou o momento para tais sabedorias que em todos nós reside.
Devemos agradecer mesmo sem saber o porquê, pelo que nos é facilitado aprender, e rogar que em breve sejamos agraciados com a sabedoria que ainda dormita em nossas mentes.
Somos todos iguais, porem nosso desenvolvimento, ou nossa forma de encarar a vida, nos faz saber algumas coisas e outras não, somos o que queremos; autossuficientes em toda e qualquer forma de raciocinar e de colocar observação as mais complexas, porem temos que aos poucos entender e expor tais verdades.

EVOLUÇÃO

1926766_531101900336095_1697251719_n

Tudo que vivemos, que fazemos e sentimos é de nosso destino, nada foi planejado, senão para nossa evolução; nada foi preparado ao acaso, simplesmente porque desejássemos; porem foi por nosso desejo, o desejo do espirito em nos testar e mostrar alguma nova lição, e neste propósito estamos a deliberar entre o certo e o errado, e acertaremos sempre se a lição for compreendida, por outro lado se não está em nós corretamente introjetada, passaremos mais uma ou varias vezes pela mesma experiência, tudo no intuito supremo de preparar igualmente a todos, para o futuro da humanidade, que pode não ser neste planeta ou plano, mas haverá uma necessidade de todos estes conhecimentos em igual profundidade a todos, é a evolução do ser superior que nos incumbe desta descoberta; e que passará a ser dele também; a aquisição do conhecimento universal, no qual fazemos parte, mas não amadureceu em nossos corações.

Tudo é da verdade absoluta, mesmo que esta esteja em constante evolução.